[RESENHA] A Redoma de Vidro

Titulo: A Redoma de Vidro (The Bell Jar)
Autor: Sylvia Plath

★★★★★

Gênero: Romance

Editora: Biblioteca Azul

Paginas: 280





Sinopse:


Esther Greenwood é uma jovem do interior dos EUA que vê sua vida se transformar em poucos meses. Criada nos subúrbios de Boston, Esther vai estudar numa prestigiosa universidade, e lá consegue uma bolsa para um estágio de um mês em uma revista feminina em Nova York. O mundo parece se abrir para a jovem, com promessas de vasta cultura, uma vida social agitada repleta de pessoas e toda uma cidade que se descortina à sua frente. No entanto, um verão aparentemente promissor é o gatilho da crise que levaria a jovem do glamour da Madison Avenue a uma clínica psiquiátrica.
Fruto de uma revolução pré-sexual, em que as mulheres ainda precisavam escolher entre priorizar a profissão ou a família, Esther caminha na fronteira entre o casamento com um jovem promissor e tolo e a carreira de mulher independente e intelectual, realizada profissionalmente. Essas questões fazem Esther se recolher e afundar cada vez mais, numa época em que o diagnóstico e o tratamento da depressão eram bastante raros. Com crueza, a voz da personagem apresenta ao leitor o ponto de vista de quem vivencia o colapso. Esther tem uma visão muito crítica, as vezes ácida, da sociedade e de si mesma, mas aos poucos a indiferença se instaura, isolando-a do mundo à sua volta.
Único romance da poeta americana Sylvia Plath, A Redoma de Vidro, publicado em 1963 com o pseudônimo de Victoria Lucas, logo tornou-se emblemático. Sua prosa esperta e envolvente narra este romance de formação que influenciou várias gerações, e que tristemente trás o indicio do trágico suicídio de Sylvia, algumas semanas depois da publicação do livro. Mais que um relato sobre o desequilíbrio emocional de uma grande personagem, A redoma de Vidro é uma narrativa singular acerca das dores do amadurecimento


O livro:

 Antes de começar a resenha propriamente dita, vou comentar sobre umas informações interessantes, e por sua vez, necessárias para a compreensão da estória do livro, livro esse “A Redoma de Vidro” sendo seu título original “The Bell Jar”, escrito por “Sylvia Plath”, sobe o pseudônimo de “Victoria Lucas” e publicado originalmente em 14 de janeiro 1963, poucas semanas antes do suicídio de Sylvia, que se sucedeu em 11 de fevereiro de 1963, menos de 1 mês após a publicação do livro, tendo por sua vez, a autora a idade de 30 anos apenas, deixando dois filhos, Frieda e Nicholas, ainda muito novos, sendo que Nicholas também cometeu suicídio por causa da depressão, livro esse considerado uma “semiautobiográfia”, este sendo o único romance escrito por ela, porém ela tem outros livros, todos de poesia, sendo produzidos filmes sobre sua obra, e também um sobre a própria autora, sendo um livro de aspecto importante, por mostrar de forma clara a visão de uma pessoa com depressão, mesmo que a vida possa entregar a ela imensas oportunidades, uma visão acida mundo por sua vez.
 O livro conta a estória da jovem Esther Greenwood, uma jovem que vive no que se poderia dizer, o melhor período de sua vida, bolsista de uma universidade, onde consegue por sua vez, um estágio de um mês em uma revista de moda na cidade de Nova York, onde ela passa por inúmeros momentos de grande reflexão, em meio a festas movimentadas, e muita indiferença em diversos momentos, como se, em nenhum momento realmente se preocupasse com o que acontecia, até o momento que ocorre um certo incidente nas vésperas de sua volta e o termino do estágio, onde se percebe claramente a mudança de seu comportamento como pessoa (certo, gostaria de falar sobre esse incidente, mas não quero dar spoilers não haha é algo apenas para se descobrir na leitura e apenas nela), à partir deste momento, tudo desmorona, e sua visão de indiferença e crítica do mundo só se tornam cada vez mais, destrutivas para ela, com a ideia de suicídio começando a pairar sobre sua mente, em diversos momentos, até a derradeira tentativa, onde após sobreviver é enviada a uma clínica de psiquiatria, onde, começa a acompanhar seus autos e baixos, seus tratamentos, e seu convívio com outras mulheres que estão internadas no local.

 A princípio não nego, achei o livro entediante, realmente uma leitura ao menos para mim, complicada (não sendo este meu estilo favorito) mas não demorou muito para o livro mudar totalmente a minha forma de encara ele, mudando a forma que passei a enxergar a protagonista, quando começamos a associar o livro a Sylvia, com sua visão de total indiferença da personagem, é um livro relativamente simples de se ler, dividido em 20 capítulos, o livro muda de narrativa, tornando se muito interessante, mas até certo ponto, me causando estranheza e aflição com a situação da protagonista, se percebe também facilmente a influência da “revolução sexual” e a visão da personagem, tal qual a forma que afeta a personagem e as pessoas em sua volta, sendo a protagonista completamente dividida em grande parte do livro entre carreira ou família, e um amor fracassado e decepcionante, que ajuda a ditar o rumo do livro, mas sem dúvidas amor, mesmo com certas negações, um livro indispensável ainda mais para o mês de setembro, sendo o mês amarelo, e a luta contra a depressão, uma doença destrutiva que afeta milhares até hoje, mas sem dúvidas para também indispensável, para tentar compreender a mentalidade da jovem escritora que cometera suicídio tão nova, sem dúvidas, é um livro indispensável para quem gosta das poesias dela, um livro indispensável para os fãs do gênero e sobretudo para compreender de forma simples, o psicológico de uma pessoa que tenha depressão, e sua visão indiferente do mundo no qual vivemos.


  

[BIENAL DO RIO 2017] Encontre a Lavínia #02

Oi pessoal, tudo bem?

Como eu já comentie por aqui, este é o ano de Bienal do Livro no Rio de Janeiro e por isso estarei fazendo vários posts contando sobre os autores e editoras que partilham a leitura com a gente.

Preparados? E o autor de hoje, ops.. o livro de hoje é…


A jovenzínea que conquistou os nossos corações com a sua história tem presença marcada na bienal este ano. Você poderá encontrá-la em dois lugares, isso mesmo DOIS LUGARES, saca só!


E como se encontrá-la em dois lugares não fosse o suficiente, você também poderá participar do Encontro de Leitores e parceiros, confira o evento no facebook



Bem, isso pessoal, até o próximo post!

[BIENAL DO RIO 2017] Editora Jaguatirica

Oi pessoal, tudo bem?


Como eu já comentei por aqui, este é o ano de Bienal do Livro no Rio de Janeiro e por isso estarei fazendo vários posts contando sobre os autores e editoras que partilham a leitura com a gente.


Preparados? E a editora de hoje é...


A editora estará com um espaço montado no Pavilhão 4 - Verde, EL-1 . Confira a programação completa da editora.


É isso pessoal, até o próximo post!

[BIENAL DO RIO 2017] Editora Bambolê

Oi pessoal, tudo bem?


Como eu disse ontem, este é o ano de Bienal do Livro no Rio de Janeiro e por isso estarei fazendo vários posts contando sobre os autores e editoras que partilhama  leitura com a gente.

Preparados? E a editora de hoje é...


Como ontem eu trouxe a Draco e seus escritores com presença confirmada, hoje eu trago a programação da Bambolê.


Dia 02, sábado

11h: Lançamento do livro "O mistério da trave", de Cristina Pezel
13h: Performance de ilustração + oficina de criação de poemas, com Sandra Ronca






Dia 03, domingo

11h: Lançamento dos livros "A bola de neve", "O feitiço dos Ávila" e "Segunda Pele", de Ana Cristina Melo


12h às 14h: Lançamento e Painel Literário, no Auditório Lapa (Pavilhão Verde), sobre o livro "Sylvia Orthof: um ramalhete de histórias", organizado por Cristina Villaça e José Prado. Presença de vários autores. Convite abaixo.

13h:  Performance de ilustração e sessão de autógrafos, com André Flauzino, Silvia Flauzino e Maria Cristina Peixoto
15h: Sessão de autógrafos com Dailza Ribeiro e André Flauzino

Bem, é isso pessoal, espero que possam aproveitar a Bienal do Livro e até o próximo post!

#BienaldoLivroRio2017

[BIENAL DO RIO 2017] Conheça o autor #1

Oi pessoal, tudo bem?


Como eu disse ontem, este é o ano de Bienal do Livro no Rio de Janeiro e por isso estarei fazendo vários posts contando sobre os autores e editoras que partilhama  leitura com a gente.


Preparados? E a autora de hoje é...


21278063_1426229910765259_1771432791_o.jpg


A autora estará na bienal nos dias 01 e 08/09 no espaço da Ler editorial, lá você poderá adiquirir um exemplar do livro e brindes exclusivos!


Conheça a obra


Gattai é um mundo fantástico assolado por estranhas catástrofes naturais e uma interminável guerra entre as raças que o habitam. Em meio ao caos, surge um guerreiro com asas de Fênix destinado a trazer o equilíbrio entre a natureza e suas criaturas. Porém, ele foi amaldiçoado por um terrível demônio que devora sua alma. A única pessoa que pode salvá-lo não pertence à Gattai, e sim ao nosso mundo: Aika Akatsuki dos Anjos, uma estudante japonesa mestiça, nascida no Brasil e grande fã de histórias de magia e fantasia. A jovem que enfrenta diariamente a dura rotina de estudos e discriminação por sua ascendência vê sua vida transformada com a descoberta da existência de Gattai e de seu grande ídolo. E para salvá-lo, ela terá que enfrentar seus medos, atravessar um portal mágico, lutar contra terríveis criaturas… tudo isso sem ser reprovada no ensino médio. Aika voará em dragões, aprenderá o que é realmente uma guerra e lutará para salvar o herói não apenas de grandes inimigos, mas de si mesmo.


“Aika - A Canção dos Cinco” é o primeiro livro de uma saga repleta de ação e magia, obra que alcançou milhares de leituras e se tornou destaque da categoria Fantasia na plataforma Wattpad. Um livro que joga com os clichés das histórias e apresenta personagens cativantes, além de ensinar valores como amizade, amor e perseverança.


Adicione:



[BIENAL DO RIO 2017] Draco Spirit

Eai pessoal, como estão?


Como muitos sabem este ano é ano de Bienal do livro no Rio de Janeiro (uhhuuu) e muitas das nossas editoras parceiras estarão presentes neste grande evento. Hoje, nós vamos falar um pouquinho da Draco e das novidades que ela trará.

Os Dragões estarão na Bienal do Livro Rio de Janeiro 2017!
Viu algum rosto conhecido? Confira a lista de autores confirmados:

Alexey Dodsworth Gerson Lodi-Ribeiro
Ana Lúcia Merege J. M. Beraldo
Aya Imaeda Karen Alvares
Cirilo S. Lemos Melissa de Sá
Dana Guedes Priscilla Matsumoto
Eduardo Kasse Vivianne Fair
Fabiana Madruga Raphael Fernandes


Você pode encontrar a programação completa aqui

A+Literário.jpg


Lançamentos do Dragão na bienal!



O segredo do kelpie, Aya Imaeda

O segredo do kelpie é o mágico romance de estreia de Aya Imaeda. Viaje pela mitologia celta ao lado de selkies, brownies, banshees e outros seres mágicos, sob o ponto de vista de ninguém menos que o mais perigoso deles. Para sobreviver no mundo dos humanos, o faery deverá tomar decisões difíceis e questionar a sua própria natureza. Quando estiver na escuridão, busque a salvação no afeto e nade o mais rápido que puder para encontrar a luz.


Preço de capa: R$ 42,90 (papel)  R$ 19,90 (e-book)



Octopusgarden, Gerson Lodi-Ribeiro

Octopusgarden é um romance de Gerson Lodi-Ribeiro (A Guardiã da Memória e Aventuras do Vampiro de Palmares), autor premiado de FC publicado no Brasil e exterior. Tome suas pílulas de proteína, coloque seu capacete e mergulhe nessa deliciosa ficção científica erótica que explora a fundo o amor entre espécies.

Preço de capa: R$ 52,90 (papel)  R$ 24,90 (e-book)






Magos – Histórias de feiticeiros e mestres do oculto

Organizada por Ana Lúcia Merege, autora da série de fantasia O Castelo das Águias, a coletânea traz histórias de poder desvendadas com a magia de Eduardo Kasse, Simone Saueressig, Erick Santos Cardoso, Karen Alvares, Marcelo A. Galvão, Vivianne Fair, Eric Novello, Liège Báccaro Toledo, Charles Krüger, Melissa de Sá e Cirilo S. Lemos. Conjure seus encantamentos, fortaleça o seu espírito e prepare-se, pois a Porta da Verdade está nas páginas deste livro. Cabe a você abri-la.
Preço de capa: R$ 49,90 (papel)  R$ 24,90 (e-book) 




The Hype
The Hype – Max Andrade
Mauro é um professor de cursinho pré-vestibular que precisa redefinir suas escolhas, pois está frustrado com os rumos da vida. Quando um evento inesperado, uns fones de ouvido insanos e uma organização secreta surgem em seu caminho, agora ele terá que fazer o tipo de escolha que irá defini-lo como pessoa, explorando o potencial pra realizar ainda mais pra ajudar os outros. Tudo isso em meio a muita porrada e com o som em volume não recomendável para a audição humana. The Hype é um mangá de Marcel Ibaldo e Max Andrade (Tools Challenge). Ligue a música no talo e caia pra dentro dessa treta!
Preço: R$ 2,99

#DracoBlogs #DracoSpirit #BienalRio


[RESENHA] A grande criação de Nicolas

Hey hey pessoal!


A resenha de hoje de um livro que peguei na biblioteca para ler durante as férias (apesar de eu quase não ter lido), esperam que possam aproveitar!



A grande criação de Nicolas


★★★★★
Autor: Denis Vinicius
Gênero:Fantasia / Ficção
Páginas: 286
Ano de publicação: 2011
ISBN-13: 9788580930092
ISBN-10: 858093009X
Adicione no Skoob | Compre aqui

Sinopse


Todo contador de histórias imagina como seria se um de seus personagens ganhasse vida. Nicolas descobriu isso da pior maneira possível.


Seus dias eram simples e solitários: passava a maior parte do seu tempo criando e desenhando as aventuras do Fantasma Vingador – um guerreiro espectral, dotado de poderes incríveis, que vinga as almas daqueles que foram mortos injustamente. Até o dia em que descobre que alguém, vestido e agindo como o seu personagem, caça bandidos perigosos nas ruas de São Paulo.


Sem escolha, Nicolas é sugado para o mundo deste misterioso mascarado. Pouco a pouco, a verdade vai sendo revelada, assim como os segredos mais sombrios daqueles à sua volta. Com reviravoltas, suspense e repleto de ação, “A Grande Criação de Nicolas” irá prendê-lo da primeira até a última página.


Alguns segredos, quando revelados, podem mudar a vida não só de uma pessoa, mas de uma cidade inteira.


“Eu sou a  vingança dos injustiçados!”


A Grande Criação de Nicolas narra a história de um jopvem (Nicolas) que saiu com seu irmão mais velho e alguns amigos de seu para ir pescar numa noite festiva. Infelizmente, o grupo de jovens nunca chegou a pescar de fato, aquela noite foi marcada com um terrível acidente na rodovia, a van em que estavam os jovens capotou e leveu a óbito quase todos os jovens que ali estavam. Nicolas foi o único sobrevivente e nunca conseguiu se lembrar do que havia o corrido naquela noite.


Depois do acidente, Nicolas nunca mais conseguiu ser o menino que era, a dor e o sofrimento eram constantes em sua vida. Uma dor de cabeça crônica foi uma das sequelas que o acidentente deixou no rapaz, noites mal dormidas, estresse e cansaço. E mesmo com tudo isso, Nicolas dedicou todo o tempo que tinha na sua arte, seu desenho.


Lembrando apenas da última coisa que seu irmão lhe dissera, Nicolas dedicou-se a desenhar e criar histórias que envolviam seu grande  personagem “O fantasma vingador”, a vingança dos injustiçados, a fúria da morte.


No decorrer do livro novos personagens aparecem, em especial ele, o próprio Fantasma Vingador. Sem saber o motivo de sua aparição ou como a sua existência era possível, o Fantas Vingador seguia atrás de bandidos, realizando seu papel, a justiça pelos mortos.


Gangues, corrupção e muitos tiros são os elementos que marcam a história.


A forma como os acontecimentos são narrados e os personagens descritos permete que o cenário possa ser criado perfeitamente em nossas mentes. Em muitos momentos pude visualizar a até sentir as angústias dos personagens. Confeço que comecei a desvendar o grande mistério da história quando, finalmente, todas as pistas foram estregues, ou seja, bem no fim do livro (rsrs).


Mas o mais interessante de todo o livro foi ver o que o desejo humano pode fazer com a realidade, não quero dar spoilers mas acho que vou chegar bem perto de um agora….
Tudo o que aconteceu com o Nicolas e com as pessoas ao seu redor depois que o Fantasma Vingador apareceu é proveninente do desejo de Nicolas por descobrir a verdade. O desejo do jovem era tão grande, mas tão grande que ele conseguiu transpassar uma barreira (fictícia) entre as dimensões e isso permitiu que a noite do acidente tivesse finalmente uma solução, permitiu que todo o mistério fosse desvendado.


Isso me fez refletir sobre algumas coisas que acontecem no mundo, até onde os desejos humanos nos levaram? Alguns nos levaram para tempos de paz e prosperidade, outros nos levaram para tempos nebulosos de guerras e conflitos, mas até onde o MEU desejo está levando a mim e as pessoas ao meu redor?


Quote do livro


Tags.png


************************************************************************************************


Bem, é isso pessoal, espero que tenham gostado da resenha, vou voltar a trazer várias resenhas para vocês, eu e o Ronye estamos com dois projetos novos super legais que serão lançados no próximo mês então fiquem ligados!
O primeiro projeto é “Descobrindo o mundo”, e apesar do nome chique que dá a entender que vou falar de vários países, vou contar um pouquinho sobre as aventuras que eu tenho no cotidiano. É um quadro alternativo, com o intuito de mostrar que todo blogueiro é gente como a gente e tentar acolher vocês da melhor forma possível.
Lembrando que o seu comentário é muito importante, então compartilhe conosco o que têm achado das resenhas, TAG’s e posts especiais, você pode nos mandar um e-mail (blogfonteliteraria@gmail.com) e dizer tudo que tem achado sobre o blog, tirar dúvidas, dar dicas, ideias e compartilhar momentos também.

Tecnologia do Blogger.